Notícias

Imprimir
  • 22/09/2021 Geral

    Greca concede honraria a secretários inimigos dos servidores

    Greca concede honraria a secretários inimigos dos servidores
    Arte: Ctrl S
    Para desprefeito, quem ajuda a atacar direitos dos trabalhadores merece condecoração

    Greca vende uma imagem muito simpática na mídia e nas redes sociais. Mas, os servidores públicos conhecem a verdadeira face do desprefeito. Greca é aquele que destrói serviços públicos, ataca o funcionalismo e prejudica a população, enquanto condecora seus aliados.

    Não é à toa que, poucos dias após tentar reduzir o salário dos servidores e ser impedido pelos trabalhadores, pelos sindicatos e pela justiça, o desprefeito prestou homenagem aos seus secretários que ajudam a retirar direitos da categoria.

    Nessa terça-feira (21), secretária de Saúde, Márcia Huçulak; o secretário de Planejamento, Finanças e Orçamento, Vitor Puppi, e o secretário do Governo Municipal e presidente do Ippuc, Luiz Fernando de Souza Jamur, receberam do prefeito a comenda Ordem da Luz dos Pinhais, a máxima honraria municipal. Mas, na verdade, o título que eles merecem é de inimigos dos servidores públicos.

    Huçulak sempre esteve à frente da saúde durante toda a pandemia e são muitos os pontos em que a sua Secretaria deixou a desejar. Foram inúmeras as denúncias recebidas pelos sindicatos por parte dos servidores da saúde de EPIs insuficientes ou de má qualidade para proteger aqueles que estão na linha de frente. Além disso, em vez de chamar mais servidores aprovados em concurso público para reforçar as equipes, a secretária fez apenas contratação via PSS, reduzindo salários e direitos dos trabalhadores.

    Quem trabalha na saúde tem vivido de perto o descaso da secretária durante a pandemia, só que infelizmente essa postura não é novidade. Em 2019, durante a greve dos Agentes de Combate às Endemias (ACEs), a categoria não foi sequer recebida para negociação.

    Além disso, sua gestão é marcada pelo avanço das terceirizações das UPAs, que representa a destruição da saúde pública e a precarização dos contratos de trabalho.

    Já o nome de Puppi está diretamente ligado aos pacotaços de Greca, que tirou direitos e prejudicou o sustento dos servidores e seus familiares. Com uma desculpa de “otimizar a gestão”, o secretário é adepto de uma política de contratações precarizadas, que esfolam os servidores e prejudicam a população. Em audiência pública de prestação de contas no início de 2020, o secretário deixou claro que era contrário ao pagamento de previdência, benefícios e planos de carreira aos servidores.

    Já na audiência de prestação de contas deste ano, o secretário voltou a discursar contra direitos dos servidores, ao confirmar que a gestão estudava uma reforma na previdência do funcionalismo, seguindo a desumana Reforma da Previdência feita por Bolsonaro. Esse ataque gravíssimo já foi protocolado na Câmara e agora os servidores precisam se unir na luta contra esse ataque. Os sindicatos já fizeram duas publicações especiais do jornal Mobilização que explicam a proposta (confira no box ao lado).

    Enquanto isso, o secretário de Governo que pouco aparece nas notícias também está por trás de muitos ataques. Jamur já foi presidente do conselho administrativo do IPMC e esteve do lado de todas as retiradas de direitos dos trabalhadores.

    E neste ano, com a Reforma da Previdência no município se aproximando, o alto escalão da Prefeitura se apressou para garantir sua aposentadoria sem os cortes planejados pelo desprefeito. Sabendo dos ataques planejados por Greca, Jamur se apressou em garantir sua aposentadoria sem a modificação das regras. Ou seja, eles querem aplicar ao funcionalismo as regras que não querem para si próprios.

    Infelizmente, essa é a verdadeira face do desprefeito Greca. Para ele, quem ataca trabalhadores e retira direitos merece honrarias. Enquanto isso, os servidores e servidoras que levam os serviços públicos até a população e que não pararam de trabalhar durante a pandemia não recebem nenhum reconhecimento! Pelo contrário, a cada dia mais e mais ataques!

    Essa é a história da classe trabalhadora. Nenhum direito ou benefício veio de graça, foi sempre conquistado e defendido com muita luta. Por isso, não podemos nunca desistir de nos unir e somar forças contra aqueles que querem avançar na precarização dos nossos direitos. Firmes!

Voltar para o Índice

Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Curitiba
Rua Nunes Machado, 1577 - Rebouças, Curitiba - PR. CEP: 80220-070     Fone/Fax: (41) 3322-2475 | (41) 98407-4932     E-mail: sismuc@sismuc.org.br
Atendimento de segunda a sexta-feira das 8h às 18h.

DOHMS