Notícias

Imprimir
  • 23/09/2021 Educação

    CMEI Vila Formosa é invadido e expõe as falhas de segurança

    CMEI Vila Formosa é invadido e expõe as falhas de segurança
    Arte: CTRL S
    Homem invadiu CMEI para fugir de perseguição de suspeitos armados, causando pânico entre servidores e crianças

    Crianças e trabalhadores do CMEI Vila Formosa, no Novo Mundo, viveram momentos de terror na manhã desta quinta-feira (23) em mais um caso que mostra a falta de segurança nos equipamentos municipais.

    Um homem, que estava sendo perseguido por outros dois homens armados, invadiu o CMEI e trancou o portão da unidade para se proteger – colocando em risco a vida de dezenas de pessoas que estavam na unidade. Ao perceberem a invasão, as trabalhadoras do CMEI imediatamente acionaram a Guarda Municipal.

    Enquanto crianças e servidores buscavam abrigo dentro do CMEI, o grupo armado fazia ameaças, pedindo a abertura da unidade. Eles acabaram fugindo quando a Guarda Municipal chegou ao local.

    As servidoras e servidores do CMEI reclamam da falta de segurança na unidade, que é cercada apenas por uma grade média. Os trabalhadores também reivindicam a presença constante da Guarda Municipal, principalmente nos horários de entrada e de saída.

    Infelizmente, esse não é um caso isolado, já que com frequência os sindicatos notificam casos de furtos em escolas, CMEIs e até mesmo unidades de saúde. Além das dificuldades enfrentadas todos os dias, os servidores municipais também não sentem seguros nos seus locais de trabalho.

    O desprefeito Greca precisa, com urgência, levar a sério a segurança de servidores e usuários dos serviços públicos. Felizmente, o ocorrido no CMEI Vila Formosa teve um desfecho positivo, no entanto, o local que deve ser de aprendizado e desenvolvimento infantil poderia ter sido palco de uma tragédia.

    Em nota, a Prefeitura afirmou que o CMEI adotou protocolos do programa que preparam a comunidade escolar para saber como agir em situações adversas. Mas, Greca, quando é que professores de educação infantil estarão preparados para se proteger e proteger as crianças diante da ameaça de sujeitos armados? É preciso investir em medidas de prevenção e de proteção, para evitar que essas ações se repitam.

Voltar para o Índice

Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Curitiba
Rua Nunes Machado, 1577 - Rebouças, Curitiba - PR. CEP: 80220-070     Fone/Fax: (41) 3322-2475 | (41) 98407-4932     E-mail: sismuc@sismuc.org.br
Atendimento de segunda a sexta-feira das 8h às 18h.

DOHMS