Opinião

  • 30 horas: uma conquista da Classe Trabalhadora!

    30 horas: uma conquista da Classe Trabalhadora!
    Todo trabalhador/a tem o dever de engajar-se nessa ação, que é sempre coletiva.

    O/As Assistentes Sociais de todo o país comemoram a sanção do presidente Lula ao projeto de lei votado pelo Congresso Nacional, que regulamenta a jornada de 30 horas para os profissionais Assistentes Sociais em todo o território nacional. A Lei 12.317 é uma conquista tecida por muitas ações, articulações políticas, manifestações dos trabalhadore/as e entidades na luta desta categoria que demonstra seu poder de organização e atuação militante em diversas entidades representativas, culminando no ato público que reuniu em Brasília mais de 3 mil profissionais, ativistas dos movimentos sociais e estudantes de todo o país. Toda essa expressão organizativa continuou após a aprovação pelo senado, percorreu gabinetes dos ministérios, presidência, juntou assinaturas, mobilizou forças até resultar na publicação da lei. Se na atuação profissional defendemos a organização, a participação e o engajamento aos movimentos sociais na conquista de um mundo igualitário e socialmente justo, não poderia ser diferente o exemplo enquanto categoria.  

    Nosso projeto ético político aponta o protagonismo necessário para construir uma nova ordem societária e esta vitória conquistada revigora nossa convicção no poder organizativo e resistente do serviço social brasileiro que segue avançando, lutando por seus direitos e na expansão dessa conquista para toda a classe trabalhadora. Todo trabalhador/a tem o dever de engajar-se nessa ação, que é sempre coletiva e que não pode prescindir de nenhum profissional, para conquistar na prefeitura de Curitiba o reconhecimento e o valor de nossa ação profissional com a imediata implementação da lei, que passou a vigorar dia 27/08/2010.
     
    Sabemos que nossa força está na organização da categoria e no seu alinhamento com os movimentos sociais. Seguiremos atentos e firmes na defesa das 30 horas e sua regulamentação imediata na nossa cidade e contamos com a disposição de tod@s os que têm o privilégio de viver esse momento na condição de protagonista dessa cena histórica, que nos fortalece como categoria e nossas entidades representativas.
     
    Temos pela frente o dever de defender essa vitória tornando-a efetiva em todos os espaços sócio-ocupacionais e abrindo caminhos para tod@s os trabalhadore/as do SUAS.
     
    Cientes que somos da nossa capacidade de impulsionar a luta por direitos, especialmente os que nos dizem respeito diretamente e que qualificam a condição de trabalho dos assistentes sociais e favorecem condições objetivas para a capacitação continuada visando à qualidade dos serviços prestados à população, não vamos nos omitir.
     
    Com esse entusiasmo e na certeza de que sairemos vencedores, chamamos a todos para reforçar as ações do Sismuc nessa empreitada: àqueles que já participam nosso agradecimento e solidariedade renovada, àqueles que ainda virão nossa calorosa acolhida pela sensibilidade e coragem de assumir seu protagonismo na história que vamos construindo dia a dia por um mundo melhor.
    Ghilherme Carvalho
Ver índice de opinião

Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Curitiba
Rua Nunes Machado, 1577 - Rebouças, Curitiba - PR. CEP: 80220-070     Fone/Fax: (41) 3322-2475 | (41) 98407-4932     E-mail: sismuc@sismuc.org.br
Atendimento de segunda a sexta-feira das 8h às 18h.

DOHMS